Um dia em Cork #2

Ola pessoas! No final do ano passado eu fui pra Cork de novo (ja postei aqui uma vez quando fui em 2014) e estava pertinho do Natal. Da outra vez eu so tinha andado pelo centro, nao conheci muita coisa, dessa vez resolvi ser mais turista e conhecer as atracoes da ”rebel city”.

Fiz tudo a pé, já que a cidade é pequena e tudo fica perto! O dia estava nublado entao as fotos nao ficaram tao boas…

Continuar lendo

Pedal Power tour em Galway

O clima vai melhorando e meus posts sao todos de passeios, tours, sorvete… hahaha viva o verao irlandes! Final de semana passado fez 19 graus e eu comemorei muito! Pra quem odia Sol e calor, hoje eu aprecio muito esses raros dias quentes.

Hoje vou falar de um tour muito divertido que fiz em Galway há duas semanas. Sabe aquelas bisicletas grandes com vários pedais onde todo mundo vai pedalando, ouvindo música e bebendo? Nunca achei que eu ia participar de um desse! Mas no nosso tour nao era permitido beber na bike, entao fizemos duas paradas em pubs para umas pints e shots.

IMG_20170426_152256695

O tour foi com a Pedal Power, foi uma mistura de city tour com pub crawl (Historical Teasure Hunt Tours) e tivemos dois modelos de bike. Eu fui na que tem uma mesa comprida no no meio. Passamos por alguns pontos turísticos no centro de Galway: Spanish Arch, St. Nicholas Church, Galway Cathedral, e paramos em dois pubs.

IMG_20170426_135945258

O passeio durou mais ou menos 2 horas e meia. E vou te falar: aquilo cansa! Achei que seria fácil porque seria muita gente pedalando, mas nao foi! hahaha

IMG_20170426_140324502

IMG_20170426_145141134

IMG_20170426_160527106

Enfim, foi engraçado! Se voce esta indo com vários amigos para Galway, é uma opçao. E eles fazem também Speed dating nas bikes pra quem está indo sozinho e é solteiro 😉

Passeando em Dublin: Killiney Hill Park

Nada como começar a semana com uma segunda-feira de Sol, depois de um final de semana inteirinho com Sol! Me inspira ate a escrever post novo 🙂 Se voce segue páginas e blogs da Irlanda deve ter percebido as pessoas postando várias fotos do Sol… sim, porque aqui quando ele aparece, temos que comemorar! Agora em Março tivemos alguns dias de Sol, outros de chuva, como no final de semana do St. Patrick’s Day. Mas dias 25 e 26 me marcaram como o primeiro final de semana ”quente” de 2017! O inverno acabou e embora ainda tenhamos alguns dias frios pela frente, a primavera chegou e já dá aquele animo e a esperança de pegar um pouco de vitamina D.

Como eu já tinha visto a previsao do tempo de que ia fazer 13 a 16 graus esse fim de semana, nao queria ficar em casa! Mas no sábado fizemos apenas um pique-nique improvisado no parque perto de casa, e no domingo me programei para ir pra Bray, queria fazer a trilha (que já tinha feito ano passado), mas já no caminho vimos que o transito pra lá estava meio lento, obviamente todo mundo teve a mesma idéia! Entao mudamos a rota e fomos para Killiney Hill, um morro que eu queria visitar faz tempo, que vem uma vista linda do mar (e de quebra queimaria umas calorias)!

Killiney Hill é um morro na parte Sul de Dublin com 153 metros de altura. Lá de cima podemos ver: Dublin, o mar irlandes (Irish Sea), montanhas do País de Gales (quando o céu esta limpo), Wicklow Mountais e o píer de Dun Laoghaire.

O lugar se chama Killiney Hill Park e sao dois morros um ao lado do outro, um mais baixo, o Dalkey Hill, e um mais alto, o Killiney Hill (onde está o obelisco). Vou contar por onde andamos a partir do estacionamento. Subimos primeiro o Dalkey Hill. Ao lado do estacionamento tem um playground, e mais ou menos dessa parte voce pode comecar o caminho, mas pode ir para a direita (apos o estacionamento) seguindo o caminho de calçada ou pode pegar o da esquerda (antes do estacionamento) que vai subindo pela parte mais baixa, foi esse que pegamos. Tem várias árvores e alguns degraus. 2 minutos de subida e voce já tem uma vista do mar! Em 5 minutos já chega lá em cima, dá pra ver a praia também.

IMG_20170326_143504756

IMG_20170326_144451747

IMG_20170326_144131739_BURST000_COVER_TOP

IMG_20170326_144812008_HDR

Mas ali do alto, olhando para a direita, vemos o outro morro, Killiney Hill, mais alto, e o obelisco. Fomos andando até lá, atravessamos uma parte de floresta e logo vimos uma placa com o mapa do lugar e mais degraus para subir.

IMG_20170326_145441542

Lá em cima, tem bastante espaço gramado pra descansar, fazer um pique-nique, tirar uma soneca no Sol! Tinha muitas famílias, cachorros, idosos e crianças, entao garanto que a subida é bem tranquila. Também tem um café caso voce queira parar pra comer!

IMG_20170326_152620907_HDR

IMG_20170326_151844739

IMG_20170326_152234321_HDR

IMG_20170326_153640256_HDR

IMG_20170326_152034332

IMG_20170326_153458780

IMG_20170326_153725251

Como chegar: saindo do centro de Dublin, dá pra pegar o Dart e descer nas estaçoes Dalkey ou Killiney, e dali andar alguns minutos até os morros. Tem várias entradas ao redor entao nao precisa se preocupar de estar no lado certo do morro. Entrada principal para carros: Burton Road. Entradas para pedestres: Ardburgh Road, Killiney Hill Road, Torca Road, Victoria Road/Killiney Hill Junction.

E depois do passeio, queríamos comer mas nao achamos nenhum lugar bacana com preço bom em Killiney village, entao só demos uma voltinha por ali e voltamos pra casa!

IMG_20170326_160933091_HDR

IMG_20170326_161240797

Os 10 pontos turísticos mais visitados da Irlanda

A Irlanda tem centenas de atrações que valem apena visitar, como parques, museus, cliffs, praias, e muitas delas são grátis. O site Fáilte Ireland publicou a lista com as atrações mais visitadas em 2015, aqui no post vou colocar o TOP 10, sendo 5 pagas e 5 gratuitas. Em negrito vou destacar as que eu já visitei (e vocês vão perceber que eu sou pobre e só vou nas coisas grátis! haha)

cliffs-of-moher

Cliffs of Moher (fonte)

No ano passado, a Guinness Storehouse (fábrica da Guinness) recebeu quase 1,5 milhões de visitantes e ficou com o primeiro lugar entre os pontos turísticos pagos.

1. Guinness Storehouse – 1,498,124
2. Cliffs of Moher Visitor Experience – 1,251,574
3. Dublin Zoo – 1,105,005
4. National Aquatic Centre – 991,554
5. Book of Kells – 767,996

Entre as gratuitas, a National Gallery foi a mais visitada.

1. The National Gallery of Ireland – 718,637
2. National Botanic Gardens – 553,348
3. Irish Museum of Modern Art – 485,702
4. National Museum of Ireland (Archaeology, Kildare St)  – 457,057
5. Farmleigh – 410,076

Para ver a lista completa clique aqui.

cliffs-of-moher-irleland

Cliffs of Moher e eu em 2014!

jardimbotanicodublin

Botanic Gardens – Dublin

Intercambio na Irlanda – peça um orçamento e tire dúvidas :)

Pra quem nao sabe, eu trabalho em uma agencia, temos acomoçadao, cursos de ingles, cursos preparatórios, assistencia na busca de emprego, tours. Voce pode comprar cada serviço separado ou montar um pacote personalizado ideal pra voce.

A maioria dos nossos clientes sao italianos, franceses e espanhóis. Temos poucos brasileiros nas nossas acomodacoes, o que é ótimo para praticar o ingles! Brasileiros geralmente preferem o curso de 6 meses (com 8 meses de visto e permissao para trabalhar) e até ano passado tinhamos apenas um curso desse tipo.

Esse ano conversei com algumas escolas e escolhi os melhores preços dentre as escolas constantes na lista ILEP, com boa reputacao e qualidade. Uma delas, inclusive é onde eu estudo, a The English Studio. Temos parceria também com a Delfin, IBAT e Grafton College.

Voce pode escolher a escola, incluir acomodacao ou nao, enfim, montar seu pacote! E para os primeiros clientes, o transfer do aeroporto é grátis, além de um chip de celular.

Se voce nao pode ou nao quer ficar muitos meses aqui, temos cursos curtos também, de 1 semana, 2, 4, quantas voce quiser. E os cursos voce pode escolher entre manha ou tarde, primeiro curso ou renovacao de visto (para quem já estudou aqui) que tem valor menor.

Para receber uma cotacao ou tirar dúvidas basta me enviar uma mensagem aqui, por e-mail (bethania@eazycity.com) ou na página do Facebook!

Se voce é um pai ou mae e quer mandar seu filho para estudar em Dublin, entre em contato também e eu te passo os preços e tiro suas dúvidas.

www.dublin.eazycity.com

guia visual irlanda folha

Passeando na Irlanda: Ballybunion e Killarney

Em junho passei um final de semana em Ballybunion e Killarney, em co. Kerry. Essa regiao eh famosa pelo The Ring of Kerry, uma rota circular de 179 km que passa por Killarney e mais algumas cidades, com paisagens lindas, um passeio que vale muito a pena fazer, mas reserva pelo menos uns 3 dias pra isso, pois menos fica muito corrido!

Eu nao fiz essa rota, pois fomos numa quinta, fomos em um casamento na sexta e voltamos no domingo a tarde. Alem disso, eu tenho muito enjoo no carro, e com as estradinhas cheias de curvas, eh uma viagem bem desconfortavel pra mim! Mas com certeza quero voltar pra Kerry com mais calma pra poder conhecer tudo.

Na quinta umas 8 da noite (ainda claro) chegamos a Ballybunion, uma cidadezinha na praia. A praia era linda com uns mini cliffs e um pedaço das ruinas de um castelo, Ballybunion Castle, construido por volta de 1500.

DSC03932

Continuar lendo

Au Pair na Irlanda

Muuuitas meninas que estao fazendo intercambio aqui na Irlanda trabalham como Au pair. Isso significa que elas cuidam das crianças da familia quando nao estao na escola, e moram com a familia, recebem um pagamento semanal e tem acomodacao, contas e comida inclusas.

Desde que cheguei aqui eu tentei UMA vez uma entrevista para ser Au pair, foi um mico, confesso! Eu nao tenho jeito com crianças entao esse trabalho seria o ultimo que eu pensaria em fazer aqui. Por isso eu cuido de cachorros e gatos de vez em quando 🙂 Mas como muitas meninas fazem, achei legal um post que vi no Facebook explicando mais sobre o trabalho e os direitos, porque o que vemos aqui sao muitas familias que querem uma empregada (cuidar das crianças e geralmente as familias aqui tem 3 ou 4, limpar a casa, cozinhas etc) pagando super mal. Voce tambem pode cuidar de crianças mas sem morar com a familia, e nesse caso seria uma childminder.

Atualmente na Irlanda os casos de Au pair exploradas pela familia estao mais visiveis, e as familias que nao querem ter problemas precisam pagar o salario minimo da Irlanda e a Au pair é considerada domestic worker. Na EazyDublin, onde eu trabalho, a gente tinha esse serviço de ”achar uma familia”, geralmente para meninas italianas e espanholas que vinham para aprender ingles (e elas nao tem nenhuma restricao de visto/horas como a gente). Tinha contrato, tudo acordado com a familia e a agencia mediava tudo. Mas o salario pago nao era o minimo, era o que a gente ve por aqui: media de 120€ por semana. Quando o caso de uma menina explorada que ganhou o caso na justiça e a familia teve que pagar indenizacao foi divulgado, imediatamente paramos de fazer esse serviço. A menos que a gente tenha alguma familia que pague o valor minimo, o que é bem dificil.

As leis e regras ainda estao sendo discutidas, entao temos que acompanhar o desenrolar dessa historia toda!

Se voce tem interesse nesse trabalho, veja o texto abaixo, escrito pela Taty Catiano no grupo do Facebook Calcinhas in Ireland II.

Uma das campanhas do MRCI

Uma das campanhas do MRCI

Continuar lendo