Omã: imigração, clima e o que vestir

Ola pessoas! Resolvi pelo menos postar algumas dicas e fotos da ultima viagem, já que eu estou bem em dívida com o blog (nao postei quase nada sobre a viagem a Itália que fiz quase um ano atrás!). Em novembro 2016 passei 8 dias em Muscat, capital do Oman, no Oriente Médio.

Eu sinceramente nunca tinha planejado viajar pra aqueles lados, e foi uma ótima surpresa. O país tem paisagens lindas (desertos, lagos, praias lindas, e muitas montanhas) e um povo muito simpático! Tem muitos expats (estrangeiros que foram morar lá pra trabalhar) e nos últimos anos vem investindo muito em turismo. A religiao é o islam, mas eles sao bem mais tranquilos e relaxados do que outros lugares como a Arabia Saudita por exemplo (nem se compara!). Sao tambem mais abertos com estrangeiros e tolerantes quanto a roupas, vou explicar isso melhor no final.

Eles amam o seu Sultao, que esta ”reinando” há 46 anos. Antes dele, o país era fechado e nada evoluído. Todo mundo o adora e tem fotos dele espanhadas pela cidade e em todos os estabelecimentos. A venda de bebida alcoólica é proibida, voce pode consumir apenas em hotéis internacionais. Mas os expats podem ter um documento que os autoriza a comprar bebidas nas off license, mas eles tem um limite por mes. Por exemplo, o cara da casa onde ficamos, pode gastar 50 Omani Rials por mes em bebida, e cada compra vai sendo registrada na ”ficha” dele.

As estradas sao ótimas e a polícia é bem rígida. De acordo com o nosso guia, a polícia só se ocupa das infraçoes de transito, porque o índice de crimes lá é baixo. Se voce passar no sinal vermelho ou nao usar o cinto, por exemplo, tem que pagar uma multa alta + uma semana na cadeia!

Voo

Nao tem nenhum voo direto de Dublin a Muscat, e olhando os voos, sempre tinha uma, duas ou até tres conexoes. Escolhemos um com apenas uma conexao em Londres, com total de 16 horas de Dublin ate Muscat. O voo de Londres a Muscat dura umas 6 horas se nao me engano. Fomos com a British Airways e o voo foi bom, serviram jantar + cafe da manha e bebidas a vontade durante todo o voo, também, com filmes e series. E como a imigraçao em Londres (Heathrow) está chata, tivemos que passar pelo menos 3 vezes por segurança/controle de passaporte/controle de bagagem… tem que ter pelo menos 1h30 de conexao. Nao dormi nada e cheguei lá bem cansada!

Imigraçao/Visto

Brasileiros (assim como irlandeses) nao precisam tirar nenhum visto antes de ir. Fazemos isso no aeroporto, logo ao entrar, ficamos em uma fila e temos que ir ao guiche e pagar uma taxa. Tem dois tipos de visto para turistas: o de 10 dias e o de 30 dias. Pegamos o de 10 dias e se nao me engano custa 5 Omani Rial, uns €12.5. Queríamos pagar no cartao mas a mulher insistiu para pagarmos em dinheiro, como nao queriamos discutir e estavamos cansados após uma longa viagem, pagamos (fiquei com a impressao que eles cobram o quanto querem na cotaçao…).

Após esse guiche, tem outra fila, dessa vez para a imigracao mesmo, onde eles olham nosso passaporte e fazem perguntas. Para mim só perguntaram se eu falava árabe, porque eu tinha cara (ou nome, sei lá) de árabe! haha Depois disso tem o duty free (pequeno) e pronto, voce esta em Muscat!

Aeroporto de Muscat

Aeroporto de Muscat

Dinheiro

A moeda é o Omani Rial (OR), e a cotaçao para o euro nao estava muito boa nao, sendo 1 OR = € 2.44. Algumas coisas sao bem baratas lá (gasolina, hospital particular, sucos naturais – tomei tanto suco de melancia!!) e outras caras, como passeios. Já outras nao tem tanta diferença, como comida e roupas.

Clima

Calor! Ah, como eu estava precisando de Sol e calor… fugi do inverno de novembro em Dublin e chegamos lá com 28 graus. Essa época é a melhor (nov/dez/jan) porque nao é tao quente, mas se voce for em junho/julho, dizem que chega tranquilo a 50 graus!

Tanto que o nosso guia em um dos passeios, que era da Tunísia, volta pra seu país durante 4 meses todo ano porque nao tem muito trabalho pra ele lá, é tao quente que ninguém quer fazer os tours. Mas 28 graus pra mim estava perfeito, ótimo pra praia, mas nao suava que nem louca quando andava na rua.

Nao choveu nem um dia quando estávamos lá. Aliás, chuva lá é um negócio sério. Até uns anos atrás eles nao tinham bueiros, e por causa das montanhas, sempre tinha muito alagamento, carros nao podiam andar nas rodovias, e pessoas morriam por causa da chuve. Nas estradas, vimos muitos avisos, alguns com uma placa de mediçao tipo ”se a agua bater aqui, nao dirija” ou algo assim.

Alguns lugares estavam bem secos e o guia nos falou que, quando chove um pouco, fica cheio de lagos e wadis (agua/rios no meio das montanhas) e é bom para turistas. No geral, tudo é meio bege/marrom, muita areia, quase nada de grama, poucas árvores. O que Dublin tem de verde, Muscat tem de marrom! Mas no falaram que no sul do país, o clima é diferente e eles tem mais verde e baixas temperaduras.

O que vestir?

Depende do lugar que voce vai visitar! Ficamos hospedados num bairro novo perto do aeroporto e onde tem muitos expats morando, por isso era super tranquilo, dava pra andar de short ou blusa sem manga. Eu usei short pra andar da casa até a praia (30 min andando) quando estava com o namorado (recebi alguns olhares) mas quando eu fui sozinha, usei legging. Mas nos lugares mais tradicionais, tipo o centro, perto da mesquita ou markets, é mais recomendado cobrir os braços e pernas. Nos shoppings centers também, é indicado usar calça ou vestido comprido.

Vou dar um exemplo de onde andei e roupas que usei:

Andar da casa (Al Mawhali North) ate a praia The Wave (30 min andando): quando fui com o namorado, usei short jeans/camiseta. Quando fui sozinha, usei legging/blusa e meia manga.

City tour e Mutrah Souk: calça jeans e camisa.

Grande Mesquita Sultan Qaboos: calça jeans e camisa + lenço pra cobrir os cabelos (requisito pra entrar lá).

Tour para o Wadi/Deserto: tranquilo usar short/blusa já que voce vai em um tour privado, e no Wadi voce pode tomar banho nos lagos.

Shopping centers: jeans ou legging + camisa.

No geral, é bom levar: calça jeans/legging/calça leve, blusa sem decote, ou uma camisa levinha que cubra os braços. E também shorts e blusinhas para os Wadis/praias. E um ou dois lenços sao bem úteis pra cobrir os braços/decote/cabeça quando precisar.

Nem toda praia voce pode usar biquíni. Numa praia do centro por exemplo (Qurum Beach), nao pode. Fui lá uma vez so pra conhecer, durante o city tour, e nao vi ninguém de biquini. Ja na praia The Wave, que era perto da casa onde eu estava, pode usar biquíni tranquilo, porque praticamente so tinha estrangeiros na praia!

Vestido (com short por baixo) para o passeio no deserto + wadi. Uma variaçao seria usar uma legging por baixo.

Vestido (com short por baixo) para o passeio no deserto + wadi. Uma variaçao seria usar uma legging por baixo.

Jean + camisa, pra shopping center/market/old city

Jean + camisa, pra shopping center/market/old city

Jeans, camisa e lenço para a Mesquita

Jeans, camisa e lenço para a Mesquita

Vestido para o brunch no hotel The Chedi

Vestido para o brunch no hotel The Chedi

Engraçado que quando voce pesquisa sobre o país, e sabe a importancia de respeitar os costumes deles, voce ate acha estranho quando alguém nao respeita. Tinha acabado de chegar no aeroporto quando fui ao banheiro, e vi uma menina (turista) saindo do banheiro com um short jeans super curto e uma blusinha de alça, e eu mesma já achei inapropriado. Claro que os funcionários homens do aeroporto ficaram olhando muito quando ela passou…

Para homens, nao podia ser mais fácil: bermuda/camisa ou camiseta ou calça/camisa ou camiseta.

O que os omanis usam? Homens usam uma veste de manga comprida e que desce até os pés, com um ”chapeuzinho” do mesmo material e cor. A cor mais comum é branca mas tem tambem as versoes azul claro/bege/verde claro. As mulheres usam também esses vestidos compridos geralmente preto, cobram o cabelo e algumas (minoria) cobrem todo o rosto deixando apenas os olhos.

Vestes das mulheres

Vestes das mulheres

Vestes dos homens

Vestes dos homens

Mutrah Souk (mercado tradicional)

Mutrah Souk (mercado tradicional)

Espero que tenha ajudado com as dicas, especialmente sobre o que vestir por lá, porque antes de ir fiquei como doida procurando infos e nao sabia muito o que levar!

Anúncios

3 comentários sobre “Omã: imigração, clima e o que vestir

  1. Oi Bethania tudo bem? Relaxa que você não está em dívida, porque seus relatos de viagens são tão bons e explicativos, para não dizer magnífico! Eu já te acompanho a muito tempo, mas por diversas vezes caladinho rs hoje resolvi comentar pois tenho umas dúvidas e curiosidades para te fazer, não é sobre a viagem em si. Mas em geral!

    Adorei o post sobre esse país asiatico acho que foi até melhor do que postar primeiro o da sua viagem para italia, pois fica algo muito clichê rs. E eu acho que a galera procura é novidade e viagens interresantes como essa para capital Omã! Show de bola anjo 👌🏻👌🏻

    Bom, vamos lá: Quanto que você (particularmente) leva para passar poucos dias e fazer uma viagem para um país? (claro, sabendo dos seus próprios objetivos) E qual seria o ideial levar? E quanto foi em media que você gastou em particular em Omã.

    Estou em dublin a 1 ano e trabalho em um restaurante mas sabe como o dinheiro é suado aqui, quero fazer a minha primeira viagem, quem sabe ano que vêm em janeiro de 2017. Vale a pena gastar seu dinheiro do trabalho de KP, cerca de €1.300 e viajar ..digo, se compensa ou não? Porque você deve ganhar muito mais que eu em dublin, suponho.

    E sobre pegar e tirar uma semana para viajar ou descansar, como você faz Beth, para pedir dispensa do seu job, pois queria vaiajar mas não sei como proceder nesse caso ao falar com chef/boss, ao contrário é pedir demissão né???? rsssss

    Beijos linda, Sucesso para ti e vida longa ao Blog!
    Thanks a million

    Curtir

    • Ola Renan, obrigada por acompanhar o blog! Bom, sobre dinheiro depende totalmente do pais que vc vai! Me fala onde vc quer ir que eu te dou algumas dicas… em resumo vc tem que ir anotando seus provaveis gastos: passagem + hospedagem + preco de passeios/museus, e dai o resto é alimentacao, que depende de vc se quer comer em restaurantes ou McDonalds!
      Sobre o trabalho, geralmente se vc trabalha full time aqui, vc tem direito a mais ou menos 20 dias de ferias por ano, dai vc vai tirando esses dias durante o ano.. dois dias aqui, dois dias la… geralmente a gente nunca tira tudo de uma vez. Dai vc tem que vem com seu chefe como é o esquema das ferias. Pergunta pra ele quando vc pode tirar uns dias, dai vc escolhe um final de semana e vai.. eu fiz essa viagem ”longa” agora de 8 dias pq eu tinha varios dias pra tirar e se acabar o ano e eu nao tiro esses dias, eu perco eles. Mas geralmente fazemos viagens de fim de semana.. assim nao gastamos muito e da pra conhecer varios paises perto.

      Curtir

  2. Pingback: Passeios em Muscat, Omã | Um Tempo Fora

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s