Como foi trabalhar no Electric Picnic 2016

O festival é o maior da Irlanda, realizado em Stradbally (mais ou menos 1h de Dublin) em Setembro. Trabalhei com a empresa Barcode Recruitment UK, que veio para Dublin para fazer a seleçao aqui em em julho/agosto e contratou staff para trabalhar no bar. Eu me cadastrei no site e marquei a entrevista.

Os shows principais desse ano foram: lcd soundsystem, Lana del Rey, The Chemical Brothers, New Order, Noel Gallagher’s High Flying Birds. Fora outras dezenas de bandas e artistas que se apresentaram nos outros palcos!

Entrevista

Cheguei no local no horario marcado e na sala tinha um grupo de candidatos, apresentei meus documentos (eles tiraram copias) e preenchi uma ficha. Um dos organizadores passou um video sobre a empresa e o trabalho e deu algumas informaçoes gerais sobre o contrato, quantos dias, horas, salario etc. Depois disso foi a entrevista, mas foi em grupos de 6 pessoas, entao foi bem tranquilo! Só pediram para cada um falar num pouco sobre si mesmo e experiencias, se já tinha trabalhado em bar, etc. Eu nunca tinha trabalhado em bar ou pub mas eles garantiram que isso nao era problema porque teria um treinamento.

No dia seguinte já mandaram um email confirmando que fui aprovada. Daí tinha que entrar no site e preencher os detalhes da conta bancária e fazer o treinamento online, que era um video com algumas perguntas. E eu claro só fiz isso na noite anterior ao festival!

Nos dias próximos do festival, eles iam mandando email com infos, por exemplo roupas que devemos vestir, horário pra chegar lá, o onibus que eles disponibilizaram pra levar o pessoal, etc.

Chegando lá

Na sexta por volta de 11:30/12h (devíamos ter saído mais cedo) , fomos em 4 meninas no carro, lotadérrimo com nossas barracas, sacos de dormir e bolsas. Fomos seguindo o google maps com o end que eles tinham nos passado. Chegando numa rua perto, um policial estava fechando a rua e nao nos deixou passar. Disse que tinha que voltar e seguir por outra estrada. Perguntamos a outro policial e ele nao sabia. Mandei mensagem para a empresa dizendo que estavamos perdidas e só falaram ”venha ao red car park”. Tivemos que dar uma volta enorme, transito devagar (muita gente indo para o Fetsival) . Achamos o bendido portao mas já estavamos atrasadas. Mandando mensagem para eles, disseram pra esperar que eles viriam ao portao nos buscar (nao podíamos entrar pois estávamos sem as pulseiras). Esperamos mais de 1h até que apareceu alguém e nos levou para a barraca deles onde estavam anotando quem chegada e dando as pulserias.

A moça falou para irmos montar nossas barracas e depois ligar pra ela. Após termos feito isso, ela disse que como ja estava tarde (devia ser umas 16h) a gente nao ia trabalhar naquele dia (sexta). E também nao nos dariam o voucher para comida! Claro que ficamos com raiva mas achamos que era nossa culpa, por termos nos atrasado (embora o problema todo foi a estrada ter fechado) mas fomos curtir o primeiro dia de Festival, e para melhorar estava Sol!

Fomos ”explorar” o local que era enorme. Tinha vários acampamentos, barracas de comida de todos os tipos, bares, muitos palcos, lugares pra sentar e descansar, tendas de marcas como a Three (operadora de celular), que foi a que eu mais adorei: eles estavam fazendo make de graça (muitas cores e glitter na cara!) e dando várias coisas tipo uma lanterna em forma de lampada que foi muito útil dentro da barraca de noite, capinha a prova d’agua para celular, camiseta, sacola de pano, capinha de celular com seu nome gravado, etc.

Acampamento

Foi a primeira vez que acampei na vida e adorei! Como chegamos atrasadas e o acampamento do staff estava cheio, falaram pra gente ficar no mais próximo, o Janis Joplin. Escolhemos um lugar próximo dos banheiros femininos, o que foi bom, pois os banheiros estavam sempre limpos e com papel e nao tínhamos que andar muito pra chegar lá. No festival, o espaço é gigante e né dividido em vários acampamentos e o nosso ficava bem longe nos palcos, pelo menos 25 min andando, mas era relativamente tranquilo sem muita gente passando e fazendo farra. Sou velha e quero dormir (ainda mais depois de 12h de trabalho em pé)! hahaha

Comprei uma barraca para 2 pessoas, que na verdade é o espaço para uma só + coisas. Levei um saco de dormir, uma mantinha, roupas, sapatos (tenis preto e galocha – que foi muitooooooooo útil). Devia ter levado um travesseiro e esqueci. A Three estava dando umas lampadas/luminárias portáteis que foi muito útil. Enfim, vou fazer uma lista com tudo que é importante levar ou nao levar!

Eu nao dormi bem nenhum dia, dormi no máximo umas 3/4h por noite. Da próxima vez levo menos roupas e com certeza levo um fone de ouvido, um colchao inflável e traveseiro. Agora a revelacao: eu tomei banho na sexta de manha antes de sair e depois só fui tomar outro no domingo de madrugada quando cheguei em casa! haha Nao estava afim de ficar na fila para um banho de manha, choveu no sabado e domingo quase o dia todo, e quando a gente acabava a meia-noite, no frio e escrito, quem é que ia procurar chuveiro?

camping-electric-picnic

Um dos muitos acampamentos

20160902_232236

Tentando dormir…

O trabalho

Como o festival dura 3 dias (sexta, sábado e domingo), trabalharíamos entre 10 e 12 horas por dia. Tinhamos que ir até a barraca da empresa todo dia pra pegar a pulseira de staff, e ir para o bar que escolhiam para a gente (era o mesmo bar todos os dias). Começávamos geralmente as 11h (mas o bar abria as 12h) e daí o trabalho era o mesmo até umas 23/24h: vender bebida.

electric-picnic-staff

bar-electric-picnic

O bar era enorme, e tinha uns 3 ou 4 bares dessa empresa. Fiquei no único que ficava em frente ao palco e por isso pude ver todos os shows! Tínhamos algumas cervejas (dois preços diferentes), prosecco e vinho. Ainda bem que nao tinha drinks e coquetéis, entao foi bem fácil! No começo fiquei um pouco ansiosa porque nunca tinha trabalhado em um bar, entao perguntei para o pessoal que já tinha trabalhado na sexta (eu trabalhei só sábado e domingo) e foi tranquilo, alguns minutos depois eu já estava acostumada com os valores, entao quando a pessoa pedia 2, 3 ou mais cervejas eu já sabia o valor total.

O staff foi dividido em funçoes e o bar era dividido em partes. Na parte do fundo ficavam as máquinas de encher os copos com cerveja. Na frente deles ficavam longas mesas, onde eles colocavam os copos cheios, e atrás das mesas ficaram algumas caixas registradoras, e as pessoas mais experientes ficavam recebendo o dinheiro e dando o troco.E a parte da frente era onde eu fiquei, no balcao, atendendo os clientes.

Quando o bar abria, ainda era tranquilo, nao tinha muita gente comprando, mas logo começava a formar uma fila. De noite, na hora dos shows principais, ficava tao cheio que a gente nao parava um minuto! O meu trabalho era: o cliente pedia as bebidas, eu pegava os copos já cheios que estavam mas mesas, ou o vinho/prosecco, colocava no balcao, falava o valor, ele dava o dinheiro, eu levava ate um dos caixas, falava o produto/quantidade, eles registravam, me davam o troco e eu entregava pro cliente.

Foi cansativo, porque tínhamos um intervalo a tarde de 20 min e um mais tarde de 1 hora, o resto do tempo ficávamos em pé servindo o tempo todo. Mas foi muito divertido, o clima era animado, na hora dos shows principais todo mundo vendia as bebidas cantando, e os clientes também todos empolgados porque realmente o festival é ótimo! Depois de umas 7 da noite muitos já estavam bebados, o que era engraçado mas as vezes irritante também. Cada figura que eu conheci!

Os bares fechavam as 23 ou 24h e no palco principal nao tinha mais nada, mas tinha dezenas de outros palcos espalhados ainda com muita coisa rolando! No caminho do bar pra nossa barraca (quase meia-hora de caminhada) a gente passava pelas outras áreas, a vontade de ficar lá era grande mas estávamos cansadas e tinha que acordar no outro dia para mais 10 ou 12h de trabalho, entao nao pudemos aproveitar muito. Por exemplo, tinha uma rave na floresta depois da meia-noite que acabava umas 4 da manha!

Falei com umas meninas que ficavam enchendo as pints nas maquinase elas estavam super cansadas, por que as maquinas enchem dezenas de copos de plasticos grandes de uma vez, e quando estao cheios elas tinham que retirar a ”grade” super pesada com todos os copos e levar até a mesa.

Formalidades: ao chegar no bar, ao sair ou voltar do intervalo, tinhamos que ir até um dos caras que ficava com um ipad e fazer ”check in” e ”check out” e assim eles contavam nossas horas de trabalho. Também tinhamos que declarar quanto dinheiro tinhamos (eles nao pediram pra ver) e ao sair tambem, mas nunca conferira. Isso porque nao podíamos ficar com as gorjetas, eram todas para uma insticuicao de caridade.

Achamos isso meio injusto, porque a gorjeta os clientes dao para quem esta la trabalhando, se voce quiser voce doa para caridade, mas isso tinha que caber a nós e nao eles… Entao varios clientes nos davam gorjetas mas nao podíamos ficar com elas.

Tínhamos também que pedir ID de quem parecia menor de idade, e nao podíamos vende bebida para quem já estava muito bebado.

electric-picnic-main-stage

Palco principal

Vestimenta

Desde o começo eles avisaram que tínhamos que usar roupa preta (calça, short ou saia) + a camiseta do evento que eles dariam e sapato (tenis, sapatilha, bota ou até chinelo) também preto. Comprei um tenis baratinho na Penneys, uma palmilha e pronto! Se voce usasse galocha, essa podia ser de qualquer cor. Chegando lá, vi algumas meninas usando tenis que nao eram pretos e ninguém reclamou.

electric-picnic-staff-2

Calça molhada :p (por cima disso tinha também a camiseta verde da Heineken)

O que é importante levar:

Para dormir: barraca, tapete de yoga, saco de dormir, cobertor, travesseiro pequeno, lanterna. Roupas/sapatos: galocha, tenis confortável, casaco impermeavel ou capa de chuva, além das coisas normais tipo calça, camiseta, blusa de frio, roupa íntima. Higiene: papel higienico, lenço umedecido, desodorante. Toalha, sacolas pra por roupas sujas/molhadas.

galocha

Pagamento

Deveríamos receber em até 10 dias úteis depois do festival, mas recebemos dois emails falando que ia atrasar uns dias, entao acho que recebemos umas duas semanas depois. O pagamento é o mínimo, €9.15 por hora, mas claro queo governo desconta umas taxas, entao recenemos menos.

Considerando que gastamos uma grana pra comprar barraca, saco de dormir, roupa preta, gasolina, no final o que recebemos nao é muito! Mas o festival é tao legal que pra mim valeu a pena!

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s