The Hell Fire Club em Dublin

Subir uma colina com vista para toda a cidade e o mar é um otimo passeio de domingo, não? Hoje fui pesquisar mais sobre o local e achei a historia super interessante!

O passeio

hell fire club dublin

A gente foi no domingo 28-03-16 só pra se exercitar mesmo – e a subida é tranquila. Demora mais ou menos 15 minutos. Tem duas opcões, a subida mais ingreme que vai ”cortando” caminho porque é uma subida mais reta, ou pela trilha, que vai serpenteando pelo monte e é um caminho mais longo, mas mais facil. Fizemos o caminho da trilha mas na proxima vez vamos fazer a subida mais ingreme.

La de cima da pra ver a cidade quase toda, e Howth, o mar, o pier de Dun Laghoire etc. Até identifiquei o Spire! O Sol estava sobre o lado Norte de Dublin, mas como ja era 5 da tarde, logo ficou mais nublado, mas com certeza vamos voltar quando o tempo estiver bom.

O lugar ainda tem outras ”atrações”, mas como tivemos pouco tempo, so subimos ate o topo mesmo, não deu tempo de explorar tudo. Voce pode ler mais sobre isso aqui. Ah, e esse passeio é dog friendly, tem muita gente la passeando com os cachorros, eles adoram!

hill dublin

Monte Montpelier é acessado a partir do estacionamento Hell Fire Wood ao longo da estrada R115 (Old Military Road, a estrada que vai ate Wicklow e atravessa as montanhas) entre Rathfarnham e Glencullen. Os bosques oferecem cerca de 4,5 quilômetros (2,8 milhas) de estradas florestais e faixas, bem como um percurso de orientação permanente.

Eu moro em Tallaght entao é bem perto, vejo esse monte da minha janela (mas mesmo assim precisa ir de carro). Saindo do centro deve dar uns 40 min de carro. De onibus, acredito que teria que ir ate Rockbrook ou o final de Ballycullen e depois andar até la (acredito que max. 30 min de caminhada).

História

hell fire club

Montpelier Hill é um monte de 383 metros de altura ao sul de Dublin. É comumente chamada de Hell Fire Club (Clube do Inferno), nome dado as ruínas no topo. Este edifício era uma ”casa de caça” construído em torno de 1725 por William Conolly (um dos homens mais ricos da Irlanda naquela epoca).

Inicialmente, havia um monte de pedras (como uma tumba de passagem) pré-históricas no cume. Essas pedras foram retiradas e usadas na construção da casa. Logo após a conclusão, uma tempestade arrancou o telhado fora e a superstição local atribuiu este incidente ao Diabo, como um castigo para interferir com o monte de pedras. O monte Montpelier monte desde então foi associado a eventos paranormais!

Após a morte de Connolly em 1729, a casa permaneceu desocupada por varios anos, até que foi adquirida pelo infame Hell Fire Club. Esses clubes foram estabelecidos no século XVIII e associados a um comportamento ultrajante e depravado. Os membros do clube, que foi ativo entre 1735 e 1741, usaram a casa como local de encontro. O presidente do Clube do Inferno era chamado de ”The King of Hell” (O Rei do Inferno) e se vestia como Satanás, com chifres, asas e cascos fendidos. Um costume era a de deixar a vice-presidência vaga (para o diabo), em cuja honra o primeiro brinde era sempre oferecido.

Hell_Fire_Club_Dublin_Joe_King

Foto de Joe King on Wikipedia

Lendas

Um dos mais conhecido casos conta a história de um estranho que chegou ao clube em uma noite de tempestade e foi convidado a se juntar aos membros em um jogo de cartas. Um jogador deixou cair a carta no chão e quando ele se inclinou para debaixo da mesa para recuperá-la, notou que o estranho tinha um casco fendido (tipo pata de cavalo). Neste ponto, o visitante desapareceu em uma bola de fogo. Outra história fala de um padre que veio para a casa uma noite e encontrou os membros envolvidos no sacrifício de um gato preto. O padre pegou o gato e fez um exorcismo, e um demônio foi liberado do cadáver do gato.

Estórias de comportamento selvagem e libertinagem, práticas ocultas e manifestações demoníacas se tornaram parte do folclore local ao longo dos anos. Este edifício também tem uma reputação de ser assombrado, mais notavelmente por um enorme gato negro (diz a lenda que eles faziam sacrificios de gatos la!).

Quando o prédio foi danificado pelo fogo, os membros do Clube do Inferno foram realocados descendo a colina para a vizinha Stewards House por um breve período. Uma das teorias para o incendio afirma que atearam fogo ao edifício quando o filho de William Connolly se recusou a renovar a concessão. Uma história alternativa afirma que os membros do clube fizeram isso para dar ao edifício uma aparência infernal. Outra narra que, na sequência de uma missa negra, um lacaio derramou uma bebida no casaco de Whaley. Whaley retaliou derramando conhaque sobre o homem e pondo-o em chamas. O fogo se espalhou ao redor do edifício e mataram muitos membros.

Lendas urbanas contam que o local era, e ainda é, comumente usado para a prática de satanismo e outras atividades ocultas, e que o próprio diabo fez breves aparições em alguns momentos não especificados no passado (!). Olha, nao duvido nada que adolescentes frequentem o local pra beber (e etc), mas quando fui la não vi nada do além! haha

Quem topa passar a noite nessa casa? 🙂

IMG-20160329-WA0010 IMG-20160329-WA0026 IMG-20160329-WA0034

Anúncios

5 comentários sobre “The Hell Fire Club em Dublin

  1. Pingback: Guia do Intercâmbio na Irlanda | Um Tempo Fora

  2. Visitei esse fds e super recomendo! É bem cansativo para subir, mas a vista e mesmo a casa valem muito a pena, eu e meus amigos nos divertimos muito!
    Inclusive vou colocar um link da sua explicação sobre a história no meu blog, adorei!
    Beijos

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s