Passeio de bike no Phoenix Park

Pense em um parque enorme. Tipo, enorme mesmo! A única maneira de conhecer ele inteiro é de bicicleta e se você não tiver uma, pode alugar lá mesmo. Fiz um passeio com a Érika no início de maio, fizemos picnic, alimentamos os veados, andamos bastante e mesmo assim não andamos a metade do parque!

phoenix-park

Bom, antes desse passeio eu já tinha ido ao Phoenix Park 3 vezes, todas a pé, cada vez eu andava uma parte mas mesmo assim não chegava nem no meio. Dessa vez, indo de bike, deu pra conhecer áreas mais distantes, como a parte onde ficam muitos veados, alguns chegam perto de você e outros se afastam.

O Phoenix Park tem 707 hectares e em sua maioria tem apenas campo aberto e árvores, as flores, banquinhos e decoração mesmo é só no início do parque. Ele é cortado por uma avenida, e ao longo de todo o parque tem ciclovia e área apenas para pedestres, você pode andar nessas faixas ou pelo meio da grama mesmo.

Nele também fica o Dublin Zoo, que parece até grandinho, mas como o ingresso não é barato (16 euros) ainda não fui lá. Falando sobre a bike, você pode ir com a sua, mas se não tiver, logo na entrada eles alugam as bikes (clique aqui para ver o site) e custa 5 euros por 2 horas, 8 euros pela tarde toda e 10 euros pelo dia todo. Também emprestam capacetes. Duas horas não dá pra ver o parque todo, a não ser que você não faça muitas paradas no meio do caminho.

O horário de funcionamento do aluguel das bikes varia de acordo com o tempo que está fazendo no dia. Quando fomos, chegamos acho que 3 horas antes de fechar então o cara nos deu uma hora grátis, e ficou 5 euros cada bike por 3 horas. E com a bike veio um mapa do parque, que é muito útil!

Começamos pelo lado esquerdo do parque. Passamos pela Cruz Papal e fomos indo cada vez mais pra “dentro” do parque e ali vimos os primeiros veados, demos uma maçã em pedacinhos pra eles. Andamos mais e resolvemos parar pra comer, sentamos na grama e logo surgiu um veado de trás das árvores, se aproximou sem cerimônia e ficou ali com a gente no picnic: nós duas e ele (ou ela). Demos mais uma maçã picada e logo uma família se aproximou, a menininha ficou encantada com o bicho.

Decidimos sair dali porque não ia dar pra comer em paz, a maçã tinha acabado e agora a gente só tinha porcaria (salgadinho e doces) e a gente não ia dar isso pra eles né? Andamos mais um pouco e chegamos em uma parte com algumas mesas de madeira (com o aviso: proibido fazer churrasco) e comemos ali. estava ventando e frio! Mas por sorte não choveu. Depois de comer seguimos em frente e já quase no fim do parque, ainda do lado esquerdo da estrada, vimos uma placa para o Farmleigh Market e fomos pra lá. Tinha muitas barracas de comida, artesanato e atividades culturais e artísticas, muitas famílias com as crianças brincando. Mas passei rapidinho por lá porque nosso tempo já estava quase acabando. Farmleigh tem bastante coisa pra visitar, ou seja, tem que voltar lá outro dia porque não dá pra ver tudo e mais o parque num passeio só.

Atravessamos a avenida e fomos voltando pelo outro lado. Devolvemos as bikes já cansadas e fomos fazer as contas: acho que visitamos uns 60% do Phoenix Park nesse dia! vejam algumas fotos:

Anúncios

Um comentário sobre “Passeio de bike no Phoenix Park

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s