Mochilão Peru #Dia 8 – Vale del Colca

Dia 1 (quinta) Atravessando a Fronteira

Dia 2 (sexta) Cusco

Dia 3 (sábado) City Tour em Cusco

Dia 4 (domingo) Valle Sagrado

Dia 5 (segunda) Machu Picchu

Dia 6 (terça) Maras e Moray

Dia 7 (quarta) Arequipa

Dia 8 (quinta) Vale del Colca

Primeiro dia de tour Vale del Colca e do primeiro perrengue – fiquei doente na viagem! Esse passeio pode ser feito em um ou dois dias, o de dois dias é o ideal, mais tranquilo, e o de um dia é bem mais corrido. Também pode incluir o trekking (descida ao Canion) ou não.

Acordamos cedo empolgados para o passeio pelo Vale del Colca, que tínhamos fechado na noite anterior com a agência Wayra Travel Expedition por 70 soles cada um. O pacote incluía: bus, guia, uma diária no Sumac Wasi, 2 dias de tour, café da manhã no segundo dia. Fora isso você tem que pagar um boleto que custa 40 soles para brasileiros.

Deixamos as mochilas no guarda-volumes do hostel Arequipay, o horário marcado era 8h para a van vir nos pegar, ela chegou umas 8:25. Entramos e fomos até o ônibus grande. Saindo da cidade a guia se apresentou, falou sobre o tour e pediu pra cada um falar seu nome e país. Tinha muitos peruanos, inclusive gente de Arequipa mesmo, além de italianos, espanhóis, suíços, e só nós 5 de brasileiros. Aliás, quase não encontrei brasileiros nessa viagem toda.

Antes de sair da cidade paramos numa vendinha, compramos água, gatorade (tomei muito gatorade lá, é muito barato), folhas e balas de coca. A todo momento a guia explicava que a gente ia subir mais ainda e provavelmente ia sentir os efeitos da altitude, ensinou a mascar as folhas etc. Eu só chupei umas balinhas… pegamos a estrada e a primeira parada foi na Zona de Vicuñas, lá pelas 11h, e está a 4.000 de altitude (Arequipa está em 2.323). Tinha um grupo de vicunas por lá, mas o que mais me impressionou foi a paisagem, linda! Só que ventava muito e estava frio, então descemos rapidinho e voltamos pro bus. Mais pra frente, um lugar com barracas de artesanato, restaurante e banheiro. Eu só fui ao banheiro (pago) e fiquei tirando fotos em volta. Tinha a “floresta de pedra”, que eram umas formações rochosas em um paredão, que pareciam árvores, além do vulcão e mais montanhas em volta. E mais pra frente, a 4.500m, paramos de novo. Lhamas, alpacas pastando, montanhas nevadas, uma estrada vazia e lagoas ao lado. Preciso dizer que era lindo?

Fomos subindo mais, o frio aumentando, e o topo das montanhas nevadas estava chegando perto… ::love:: reparem que a viagem toda eu fui falando dessas montanhas, porque nunca vi neve e queria muito poder chegar perto, e não sabia que nesse passeio a gente chegava! Às 12:55, passando pela estrada, a neve e o gelo estavam bem ali do nosso lado! Eu queria muito poder descer e para nooossa alegria o bus parou! Descemos e tiramos fotos, estava bem frio e a guia ficou apressando, então não temos fotos muito boas (além do que, nessa hora a minha bateria acabou). Mas valeu muito a pena! Tudo branquinho em volta da estrada!

Um pouco mais pra frente paramos no ponto mais alto: 4.910 m. Acho que era o Mirador de los Volcanes. Lá tinha umas torres feitas de pedras, no chão, e a guia disse que são as pessoas que vão lá e fazem uma torre e um desejo. Eu fiz uma, mas bem rápido, porque queria poder apreciar a paisagem… muito lindo!

Chegamos na cidade de Chivay, com ruazinhas de terra, muita poeira, e fomos direto para o restaurante Sumac Wasi (em cima era o hostel onde íamos dormir), era um buffet com sopas, comida e sobremesa por 25 soles. E foi aí que eu fiz a maior besteira ::xiu:: além de já ter tomado suco na noite anterior (que é arriscado), a comida estava ótima e eu simplesmente comi muito! Misturei várias coisas e ainda repeti. Fiquei bem cheia, e quando subimos pro nosso quarto, eu só queria dormir, porque além de estar com sono, não ia conseguir fazer nada de tarde, recusei o passeio para as águas termais (s. 15), até queria andar pela cidade pra conhecer, mas a cama falou mais alto.

No fim nosso grupo todo (estávamos em um quarto triplo e um duplo) dormiu a tarde toda. E quando acordei 18h, ainda estava me sentindo cheia como se tivesse acabado de almoçar. Fomos nos arrumar porque às 19h o bus ia buscar para um jantar com danças típicas. Tomei um estomazil que tinha levado daqui. Eu me arrumei, mas quando descemos e ficamos esperando na recepção, percebi que estava me sentindo mal. Uma mulher peruana que estava no tour que por sorte era enfermeira, me deu um limão, falou pra raspar um pouco a casca e ficar cheirando ele, que melhorava o enjôo. E melhorava mesmo, mas só na hora… logo depois voltava. Resolvi não ir pro jantar e ficar no quarto. Pedi água quente, o rapaz me trouxe uma xícara e coloquei um saquinho de chá de coca, fui pro quarto, não consegui tomar nada do chá. Estava muito enjoada e sentia a comida toda ainda no estômago. E a guia tinha avisado que na altitude a digestão fica mais lenta.

Pois bem, estava na altitude e não tinha feito nenhuma digestão! Fui pro banheiro pra tirar à força, né ::xiu::. Depois deitava, voltava pro banheiro… resultado: eu fiquei a madrugada toda nisso. O pior era que no outro dia tinha que sair CEDO para continuar o passeio, ver os Condores etc… e eu só queria ficar deitada. Nessas horas a gente perde toda a graça da viagem: queria estar em casa, queria não ter que pegar ônibus, queria poder ficar lá até melhorar. Teria ficado, se estivesse viajando sozinha.

Enfim, nesse dia eu vi paisagens lindíssimas, vi neve, e terminei o dia passando muito mal. Então fica o recado: muito cuidado com a comida e água no Peru. Não comam muito, não comam muita coisa gordurosa e temperada, e não bebem suco, só água mineral e refrigerante.

No próximo post: o segundo dia de passeio no Vale del Colca, é nesse dia que vemos o Canion, a principal atração do passeio.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s