Certificado Internacional de Vacinação – é melhor ter!

Frente do Certificado Internacional de Vacinação

O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) é exigido em alguns países [veja a lista aqui]. Por isso, não basta tomar a vacina, pois a sua carteirinha de vacinação aqui no Brasil não vai valer fora daqui. Veja as providências a serem tomadas antes de viajar:

1 – Tomar a vacina contra a febre amarela

Tome a vacina normalmente em um posto de saúde, e com a carteirinha, siga para o próximo passo.

Observação: a vacina não dói. Palavra de uma medrosa com agulhas!

2 – Emitir o certificado Internacional

Leve sua carteirinha e um documento até um centro de atendimento da ANVISA, tem em aeroportos e em vários outros endereços, consulte sua cidade [aqui]. Lá, eles emitirão o certificado, que vale por 10 anos, assim como a vacina, e ele fica pronto na hora. Uma dica que eu li no site Viaje na Viagem é a de não colocar o número do seu passaporte no certificado, porque quando o passaporte vencer, você vai fazer outro, então terá que trocar o certificado também mesmo que ele ainda esteja na validade.

Em alguns casos o posto de saúde onde você tomar a vacina já emite o certificado, evitando ter que ir em dois lugares. Informe-se antes para poupar tempo!

3 – Guardar junto com o passaporte

Deixe sempre o certificado guardado junto com o passaporte, para não perder. Mas, como a Lei de Murphy pode te perseguir, em caso de perda é possível solicitar a segunda via no centro de atendimento da ANVISA.

Porque é importante tomar?

Além do motivo principal – para te proteger – é bom tomar a vacina mesmo se você não vai viajar agora para um país que exige. Eu fui para o Peru há 2 meses, e lá não é exigido, mas mesmo assim tomei e agora guardo o certificado junto com o passaporte, porque quando for viajar de novo, não precisarei ficar me preocupando se tal país exige ou não o certificado.

Antecedência

Não esqueça que a vacina deve ser tomada (e o certificado emitido) no mínimo 10 dias antes do início da viagem, então programe-se, não deixe para a última hora! É tudo indolor e grátis, então vale a pena tomar e guardar o certificado, mesmo que você não vá viajar esse ano.

Impedimento

Algumas pessoas não podem tomar a vacina, como mulheres grávidas, bebês com menos de 6 meses, pessoas com alergia a algumas substâncias… Nesse caso elas precisam do certificado de isenção, leia sobre isso [aqui].

Anúncios

Um comentário sobre “Certificado Internacional de Vacinação – é melhor ter!

  1. Olá por favor sou brasileira e estou em Roma na Itália onde posso trocar minha carteira de vacinação pela internacional???
    Obrigada

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s