Buenos Aires: Puerto Madero (e além dele)

Puerto Madero, Buenos Aires

Puerto Madero é uma região nobre de Buenos Aires que você precisa conhecer num fim de tarde, para passear ao longo das docas, ou de noite, lá pelas 22h, para jantar num dos vários restaurantes.

Puerto Madero era um porto utilizado para descarregar mercadorias e passageiros, mas com o aparecimento de embarcações maiores, ele ficou obsoleto e deixou de ser usado, sendo revitalizado na década de 90. Hoje essa região abriga prédios enormes, um navio-museu, parques, escritórios, hotéis e restaurantes. Um bairro inteiramente reconstruído e revitalizado, que hoje é um dos pontos turísticos da cidade. Tem até um site oficial.

Se estiver perto da av. Corrientes ou Calle Florida, pode descer pra lá à pé. Eu já estava andando desde a Recoleta, e quando cheguei ao Obelisco, fiz a besteira de pegar um táxi porque não tinha pesquisado antes, não sabia que era perto. Mas basta um tênis confortável e você anda quase Buenos Aires inteira. Por exemplo, nesse dia eu visitei todos esses pontos à pé: Livraria El Ateneo, Cemitério da Recoleta, a Floralis Generica, a Faculdade de Direito, o Obelisco, Puerto Madero e a Casa Rosada.

No fim de tarde, ainda estava quase tudo fechado, alguns bares abrindo, mas já tinha muita gente passeando. O vento estava bem forte e fazia uns 10º, era setembro, início da primavera!

Restaurantes em Puerto Madero

Andei até quase o final das docas, dei a volta e fui voltando pelo outro lado, mas na metade do caminho paramos num mercadinho pra comprar um refrigerante e, quando olhamos para a parte de trás, pensamos “O que tem lá atrás? Parece ser legal, vamos ver…” esquecemos o Puerto e fomos andando, chegamos a uma praça enorme, com muita grama e árvores, com hotéis enormes e lindos em volta, pessoas jogando bola, famílias passeando. E mais adiante, uma feirinha de comida e artesanato, um calçadão com mais barracas e até gente dançando.

Costanera Sur

Costanera Sur

Eu nem sabia qual o nome daquele lugar, a gente batizou de “lugar legal atrás de Puerto Madero”. Gostamos porque era um ambiente mais popular, com poucos turistas, várias barraquinhas de comida barata. Tudo isso somando com o clima gostoso e um fim de tarde agradável: adorei o lugar! Ficamos um pouco por ali e foi uma pena não poder ficar mais, porque logo escureceu, as barraquinhas foram fechando e as pessoas foram saindo.

Essa região que conhecemos por acaso é a área da Costanera Sur, fica entre a Reserva Ecológica Costanera Sur e o Puerto Madero propriamente dito. Logo em frente à entrada da reserva tem a Fuente de las Nereidas, feita de mármore.

Fuente de las Nereidas em Buenos Aires

Ali eu comprei um choripan, que é um pão com uma linguiça dentro, muito popular lá. Apesar de ser bem saboroso, a linguiça estava um pouco dura. Quando escureceu, voltamos para a “parte turística” de Puerto Madero, dessa vez caminhamos pela outra margem e atravessamos a Puente de La Mujer, que agora já estava iluminada de azul. O barco-museu estava ancorado lá, e a entrada era, se eu me lembro bem, 2 pesos. Pode ser uma visita interessante.

Fim de tarde em Buenos Aires

Noite em Puerto Madero, Buenos Aires

Saímos de Puerto Madero e aproveitamos para ver a Casa Rosada de noite. Ela fica muito, muito iluminada! Toda rosa e com luzes coloridas nas fontes.Não tem nem como se perder: ali nas docas já dá pra ver… “siga a luz (rosa)”!

Casa Rosada, Buenos Aires

Depois, pegamos o metrô e voltamos para o hostel. Foi um dia inteiro caminhando por Buenos Aires.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s