Como comprar seu ingresso para Machu Picchu

Esses momentos e que eu confirmo alguma coisa – marco uma passagem, compro um ingresso – me emocionam! Ver meu nome ali escrito num papel ou na tela do computador, ao lado de algum lugar que eu queria muito conhecer, é uma das coisas mais legais de uma viagem ou da realização de qualquer sonho.

Eu nunca tive aquele sonho desde adolescente de conhecer Machu Picchu, como muitas pessoas têm. Mas desde o começo desse ano me interessei, comecei a pesquisar e vi que era possível – uma viagem incrível e barata para o meu bolso. E hoje comprei o ingresso para a cidade perdida dos incas, para o dia 5 de agosto de 2013. Comprei com cartão de crédito, direto no site oficial, mas também vou dar dicas de outros meios para comprar.

Site oficial

O site é: machupicchu.gob.pe, a compra nele é bem rápida. Você primeiro escolhe o local a visitar (Machu Picchu) e a rota. Aí entra o tipo de ingresso que você vai querer, que pode ser:

  • Machupicchu preço 128 soles

É o ingresso simples, que dá direito a visitar as ruínas da cidade inca, sem subir nas montanhas. qui você pode fazer a trilha para a Porta do Sol, que dá uma vista bem legal de tudo.

  • Machupicchu + Museo preço 150 soles

Você visita a cidade e o museu Manuel Chavez Ballon.

  • Machupicchu + Huaynapicchu 1G 7 – 8 a.m. preço 152 soles

Ingresso da cidade mais a subida à Montanha Huaynapicchu, ou Waynapicchu, que tem 2.693 metros. Neste grupo (1G) você deve começar a subida entre 7 e 8 da manhã.

  • Machupicchu + Huaynapicchu 2G 10 – 11 a.m. preço 152 soles

Mesma coisa do ingresso acima, só muda o horário de subida, que deve ser entre 10 e 11 da manhã.

  • Machupicchu + Montaña 7 – 11 a.m. preço 142 soles

Ingresso da cidade mais a subida à Montaña Machupicchu, que é mais alta que a Huaynapicchu, tem 3.082 metros. O horário em que você pode começar a subir é maior.

Depois de escolher a rota, clique na data, depois coloque a quantidade de pessoas e vai aparecer o preço. Clique em “Paso 2” e preencha seus dados.  Clique em “Paso 3”, revise os dados, a data, e se estiver tudo certo, clique em “generar reserva”. Salve e/ou imprima.

Com o número da reserva, clique na aba “pago” lá no menu de cima, depois preencha os dados do cartão de crédito internacional, siga os procedimentos de pagamento. Depois vá na aba “check in” e entre com o código da reserva, vai constar seu nome, data horário etc, clique em “imprimir ticket”.

Nora de imprimir o ticket:  Imprima 2 cópias, pois uma é para entregar na entrada do Centro Arqueológico e a outra você guarda para qualquer imprevisto. Na entrada, é preciso apresentar o documento de identidade ou passaporte (o que você usou para comprar o ticket).

Cartão de crédito: o cartão usado na compra deve ser internacional, pois o site é do Peru, e você ainda precisa habilitá-lo para uso no exterior antes de comprar, dá pra fazer isso por internet banking, por telefone ou na sua agência. Uma coisa que incomoda muita gente que tenta comprar, é que nesse site eles exigem que o seu cartão seja “Verified by Visa”. O meu não tinha nada disso e consegui comprar. Também é importante que o cartão e o ingresso sejam da mesma pessoa, ou seja, se você efetuar a compra com o cartão do seu pai, por exemplo, e ele não for viajar, leve uma cópia do cartão dele e da identidade ou passaporte.

Por agência

Caso você não consiga ou não queira comprar pelo site oficial, pode fazer por meio de alguma agência de turismo peruana. É só entrar em contato com eles por site ou e-mail e dizer que quer comprar a entrada. Eles compram pra você mediante uma taxa, e o pagamento pode ser feito de várias maneiras, a mais comum é por transferência internacional.

Como disse, o eu ingresso eu comprei no site, mas os dos meus amigos, tive que pedir por agência, pois eles não tinham cartão internacional. Entrei em contato com a Rasgos del Peru, que é a agência do Hostel Pariwana, onde eu tinha feito reserva. Eles compraram os 4 ingressos Machupicchu + Montaña por 68 dólares cada. A transferência eu fiz por Western Union, direto da minha conta no banco do Brasil. Veja se compensa, pois além da taxa da agência, ainda tem a taxa de transferência da Western Union.

Outras agências que eu não utilizei, mas são bem recomendadas, são a Fabulous Peru Tours e a Lima Mentor.

Dicas

Para comprar o ingresso normal, o da Montaña e o do Museo, não precisa ser antecipado, mas para Huaynapicchu, eles se esgotam rápido. São só 400 por dia (200 em cada grupo), então é bom ficar de olho e comprar com no mínimo 1 mês de antecedência! O site informa a quantidade disponível por dia.

Caso você perca seu ingresso (ou faça como eu e esqueça em casa), é preciso entrar no site com o seu código de reserva e imprimir o ticket novamente. Eu percebi que tinha esquecido o meu quando já estava em Cusco. Falei com a minha mãe que estava em casa, ela achou o ingresso e me passou o código. Eu passei para a recepcionista do hostel e ela imprimiu pra mim. Por isso é bom já guardar esse código no seu e-mail.

a machu picchu

Anúncios

5 comentários sobre “Como comprar seu ingresso para Machu Picchu

  1. Pingback: A culinária no Peru | Um Tempo Fora

  2. Oi Bethânia! Vi que voce deixou o link do seu blog no mochileiros.com no tópico Peru via acre!
    Estou gostando muito do seu blog, tem tudo bem detalhadinho, adorei!
    esse tópico sobre como comprar o ingresso para machu picchu é ESSENCIAL, nao vejo ninguem falando como comprar, eu estava morrendo de medo! vou viajar no final do ano, época de alta temporada

    Eu queria perguntar como é o translado de Aguas Calientes para Machu Picchu… tem gente que pega trem, outros vao de van… nao entendi até agora como o povo faz pra ir e melhor ainda, qual é o mais em conta haha
    Se voce pudesse me esclarecer, agradeceria muito!!

    Obrigada!
    Alexandra

    Curtir

    • Oi Alexandra! Que bom que gostou do blog! Então, para ir de Ollantaytambo até Aguas Calientes é de trem, e Aguas Calientes já fica aos pés das montanhas de Machu Picchu, ou seja, pra subir vc pega o bus ou sobe à pé! O bus passa de 5 em 5 minutos (são váriooos) e custa uns 20 dólares ida e volta. Começa a sair bem cedinho. Se quiser subir a pé tbm pode, vc tem que andar por uma estradinha até chegar na escada, essa escadaria vai cortando a mata e corta a estradinha em zigue-zague. Eu aconselho a subir de bus, é bem mais rápido e não cansa! Bjos.

      Curtir

  3. Pingback: Por que subir Waynapicchu? | Um Tempo Fora

  4. Olá gente!
    Primeiramente parabenizo pelo trabalho que fiz em ajudar aos brasileiros que desejem conhecer Machu Picchu, quem escreve é um amante da cultura brasileira e graças a deus já teve a sorte de morar no Brasil por um bom tempo, agora voltei ao Peru – Cusco para mostrar a todos os brasileiros que desejem conhecer a terra dos incas.
    Se alguém deseja algumas dicas e recomendações pra a sua viagem, sera tudo um prazer ajuda-los em realizar o sonho de conhecer Machu Picchu Cusco, Lima, Lago titicaca, Arequipa, Nazca, Paracas, Puno, Trujillo e outros destinos que ainda não foram explorados pelo brasileiros.

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s