Intercâmbio na Irlanda

Finalmente posso fazer esse post depois de meses pesquisando muito sobre intercâmbio na Europa, já que essa possibilidade está se tornando um pouquinho mais concreta.

Os motivos para uma pessoa querer morar fora do Brasil, estudar, viajar ou trabalhar fora são vários, e nem vou ficar falando dos meus por enquanto, mas em resumo, já digo que são tantas decisões e escolhas que a pessoa deve fazer, que não dá pra decidir de uma hora pra outra onde, como e quando você vai começar.

Para quem não tem dinheiro sobrando a primeira questão que surge é: qual o destino mais barato? E é exatamente por isso que a Irlanda é um dos lugares preferidos dos intercambistas: o valor de um curso de inglês de 6 meses é bem próximo ou até o mesmo de um curso de 2 meses em outro país, como Inglaterra ou Canadá. Se você quer fazer o curso nas suas férias, então você tem mais opções, pois cursos de 1 mês tem em muitos países e geralmente estão na mesma faixa de preço.

As escolas são outro diferencial, pois em Dublin existem muitas, para todos os tipos de bolsos e gostos. Além dos cursos de General English, muitas oferecem cursos de Marketing, Business, Turismo e Hotelaria, Fotografia… Para fazer faculdade, a coisa é diferente, além de bem mais caro, são necessários vários requisitos.

A facilidade de conseguir o visto de estudante na Irlanda (que dá direito a trabalhar legalmente) é outro fator muito importante. Funciona assim: você compra um curso aqui mesmo no Brasil, com uma agência ou diretamente com a escola, o seguro saúde obrigatório, paga também uma acomodação para quando chegar lá. Assim que chegar, ao passar na Imigração, apresenta os documentos e eles te dão um visto temporário de 1 mês até 3 meses. Nesse tempo você começa o curso na escola, pega mais alguns documentos, abre uma conta no banco e deposita os 3.000 euros que deve levar e corre atrás do GNIB (que custa 300 euros) e é o visto de estudante com duração de 8 meses (ate outubro 2015 era 1 ano). Quando estiver acabando esse tempo, dá pra comprar outro curso e renovar o visto por mais 8 meses.

Pelo que tenho visto nos blogs, com esse valor de 3.000 euros que é obrigatório para conseguir o visto, a pessoa consegue se manter sem trabalhar por mais ou menos 5 meses, economizando. Isso contando aluguel, alimentação e transporte. No primeiro mês se gasta mais, pois geralmente os apartamento pedem um depósito inicial (que será devolvido quando você sair dele), mais a taxa para retirar o visto, que é de 300 euros.

Permissão para trabalhar (atualizado em 07/02/2015): a regra geral sempre tinha sido que enquanto o aluno está no curso, pode trabalhar por até 20h por semana, e quando acabar o curso, são 40 horas. Porém, em janeiro de 2015 foi acrescentado um detalhe: trabalhar 40 horas por semana (ou seja, de férias da escola) só será permitido no verão (maio, junho, julho, agosto) e de 15 de dezembro a 15 de janeiro. Fora esses meses, mesmo que a pessoa esteja de férias da escola, não pode trabalhar full time. Eu particularmente achei isso um saco, vai me atrapalhar bastante!

Claro que arrumar qualquer emprego lá não está muito fácil, mas isso é outro assunto… Lá também é comum as meninas trabalharem de au pair, morando na casa de uma família irlandesa para cuidar das crianças, nesse caso ela não tem gastos com moradia e alimentação.

Os cursos de inglês duram 6 meses, e os outros 2 meses são considerados “férias” (totalizando 8 meses de visto), podendo trabalhar ou simplesmente ficar morando lá, viajando etc. As passagens para outros países da Europa são bem baratas, a distância não é grande, então dá pra aproveitar e conhecer vários lugares diferentes enquanto estuda e aprende um novo idioma.

Questões de moradia (alugar apartamento), transporte, trabalho, são outros detalhes importantes que vou falando mais pra frente.

Pra mim, a grande dúvida era: qual escola/agência escolher? Consultei MUITAS e li bastante coisa a respeito delas, qual o melhor preço, localização, reputação etc. É complicado, pois você vai investir uma boa grana e várias coisinhas podem dar errado. Mesmo querendo contratar uma agência para “resolver tudo pra você”, isso pode não acontecer. Basta pesquisar no Reclame Aqui (dá medo, sério). É uma questão de pesquisar, mas mesmo assim, ainda há o fator “arriscar”. Contratar e torcer para que dê tudo certo. Também dá pra fechar direto com a escola, muitas delas, inclusive, possuem funcionários brasileiros.

Sites e blogs com informações muito úteis para quem quer saber mais sobre esse intercâmbio:

Vida na Irlanda
André e Stéfane em Dublin
Dublin BR
E-dublin

A escolha: foram meses de pesquisa, gostei de uma agência que me atendeu bem e tirou várias dúvidas, outra estava com um preço ótimo numa promoção, mas não gostei das taxas no caso de alteração e desistência, outras agências e escolas pareciam boas mas o preço estava bem acima do meu orçamento. Até que, no fim de outubro, achei um blog de um intercambista, que contava sobre a ida dele e sua namorada, com vários detalhes práticos. Vi que ele começou a trabalhar numa escola e ela estava com uma promoção, entrei e contato e gostei das condições, principalmente da facilidade no pagamento.

Acabei fechando o curso, 1 semana de acomodação, transfer e seguro obrigatório com a escola NED Training Centre, com o representante André. Valor: R$ 3.200 parcelados em 5x no boleto bancário. À vista era R$ 3.100. Em geral, todos os orçamentos que vi ficavam entre 4 e 10 mil reais.

Agências que indico por causa do bom atendimento: STW (Anderson), Bil Intercâmbios (Fernanda Cristina), Gotolondon, Optima (Talita), EazyDublin.

Essa foto representa bem o que a minha mãe fala quando eu digo que vou estudar na Irlanda: “Mas lá tem cara desses lugares medievais, de bruxa! Dá medo!”. E eu “Sim, é lindo, né?!”.

Anúncios

28 comentários sobre “Intercâmbio na Irlanda

  1. Muito Leal seu post, já pesquisei tanto que estou louco, tenho um colega de trabalho indo em Março e ele pesquisou tanto que me falou esses dias que já sabe decorado as ruas de tanto google street view. Participei um pouco disso fico até agora na vontade pois não posso ir imediatamente por conta do trabalho mas que vou vou… boa sorte beijo! ah vi seu blog la no mochileiros!

    Curtir

    • Oi Neto, obrigada pela visita! Pois é, eu também não posso ir agora, vou no meio do ano ou só no final de 2013, tudo depende do dinheiro, ainda não tenho tudo.
      Também estou pesquisando bastante, mas às vezes acho que ainda falta muita coisa…. hehehe

      Curtir

  2. Ótimo post, estou pensando em morar na Irlanda também, então estou tentando agregar o máximo de informações possível.

    Curtir

  3. oii..legal teu blog!! gostei da foto lá de cima. um dia meu mapa mundi será assim, cheio de tachinhas de onde ja fui 🙂 hahaha

    enfim, li o que vc postou..vc pesquisou ok, mas pegou a escola mais em conta..nao deu medo nao?
    vc vai qndo? vou dia 04/08/13.
    beijo

    Curtir

    • Oi Juliana! Bom, eu não fiquei com medo porque pesquisei sobre ela e não achei nenhum comentário negativo, isso é raro!! Sei que tem outras bem melhores, mas como eu estava com a grana apertada, fiquei com essa mesmo. Gostei tbm do suporte que ela dá aos alunos.
      Aquela foto do mapa eu tirei num hostel em Buenos Aires, cada pessoa que se hospeda lá coloca uma tachinha no seu país… um dia o meu tbm vai ser assim! hehehe
      Ainda não sei quando vou, talvez no fim desse ano ou começo de 2013.
      Que legal que vc vai em agosto! Depois quero saber como foi… Vou dar uma olhada no seu blog 😉
      Beijos

      Curtir

  4. Pingback: Preparativos para o intercâmbio: 5 meses antes | Um Tempo Fora

  5. Olá, voce recomenda a escola NED? Como foi sua experiencia?
    Estou indo esse ano e estou com dúvidas da estrutura e qualidade da escola.
    O que vc acha?
    Obrigada 🙂

    Curtir

    • Olá Fernanda! Eu vou em março, portando ainda não comecei a estudar então não posso comentar sobre a escola ainda. Por enquanto está tudo bem, já me enviaram as cartas para a imigração, um chip de celular e um mapa da cidade, calendário de aulas e outras informações.

      Curtir

  6. Oi, tudo bem?
    Por acaso achei seu post. Eu vim de lá no ano passado, inclusive fiz o curso na NED. Tive N problemas inclusive com a documentação para o meu visto, por falta de organização. E tinha muitos brasileiros, 18 numa sala de 20. Enfim..não escrevo para desanimar, mas para alertar sobre.. espero muito que la tenha mudado! Tive uma amiga que ficou lá e preferiu mudar de escola…Eu sofri com a mudança..até pelos BO’s com a escola, mas enfim..hj sinto saudade da vida fora..Então mesmo que algo chato te aconteça, bola pra frente.. aproveite pq a Ilha Esmeralda deixa saudades..
    Good luck!

    Curtir

    • Não está fácil não. Pra conseguir emprego a maioria exige experiência, ebter um nível intermediário ou avançado de inglês ajuda. Tbm tem que conhecer bastante gente porque a maioria dos empregos rola na base da indicação e não apenas entregando cv.
      Obrigada pela visita!

      Curtir

  7. Pingback: Guia do Intercâmbio na Irlanda | Um Tempo Fora

  8. Olá, boa tarde! Estou procurando por escolas para estudar na Irlanda, agora que você já está estudando na NED, poderias me esclarecer o que achasse da escola, por favo

    Curtir

  9. Bom dia.

    Estou pensando em ir para a Irlanda no final deste ano ou começo do ano que vem.
    Acompanhei seus posts e achei bastante esclarecedores. Estou no início das pesquisas de agências e escolas, e como eu vi que com você ocorreu tudo bem… Qual foi a agência que você fechou?
    Obrigado.

    Curtir

  10. Pingback: Antes da Viagem – Viagens da Preta

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s