O passaporte!

Fazer um passaporte é um requisito indispensável para a maioria dos países do mundo e dizem que os carimbinhos dos países viciam!

Bom, o meu ainda está aqui, novinho, em branco, acabei de ir buscar na PF. Pra fazer foi uma saga… Não por ser difícil, mas porque, pra mim, foi bem complicado. No dia anterior à ida à PF, percebi que perdi meu CPF, e como ele é um documento que eu deveria levar, tive que entrar no site e adiar. Na nova data, procurei mais e não achei! Fui aos Correios pra fazer a segunda via e descobri que não precisa (dã), é só entrar no site da Receita Federal e imprimir.

Enfim, na terceira data marcada fui lá com os documentos, deixei minhas digitais bonitinhas lá e também a foto (não tão bonitinha…). É que o cara que me atendeu estava com uma cara tão cansada – já eram 5 e meia da tarde – que eu não quis ficar tirando várias fotos até gostar de alguma. Na segunda tentativa, aceitei o fato de que eu teria que ficar com aquela foto 5 anos mesmo.

Os passos são simples:

1. Entrar no site http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/ e clicar em “Requerer passaporte”, verificar a lista de documentos necessários.

2. Clicar em “Solicite a emissão do passaporte”, ler e preencher toooodos os dados, escolher o local de atendimento.

3. Depois de preencher tudo, imprimir a GRU e agendar a “visita”, o site mostra as próximas datas e horários disponíveis.

4. Pagar a GRU no valor de R$ 156,07 no banco, casa lotérica ou online.

5. Comparecer no local no dia agendado, com os documentos, a GRU e o comprovante de pagamento.

No site dá pra consultar o andamento da sua solicitação, cancelar, reagendar (na hora de fazer a solicitação é bom guardar o número do protocolo).

Acabei nem precisando do CPF porque ele já constava no RG – ou seja, adiei várias vezes, fui aos Correios, imprimi, plastifiquei e nem precisei usar. Mas eis que, poucos dias depois, o passaporte já estava pronto! Planos de estreia: só em 2013!

Um problema que procurei um monte na net e não achei resposta: quando fui imprimir o protocolo de solicitação, a internet caiu, o pc desligou (por isso “a saga”), e quando consegui acessar o site novamente, havia a opção de imprimir de novo a GRU mas não a solicitação, que continha meus dados e o número do protocolo. Liguei no 194 e a atendente me disse que não precisava me preocupar que eles não iam pedir isso.

E a foto?

Esse negócio de tirar foto lá é péssimo! Imagine tentar arrumar o cabelo e se maquiar no CALOR de 200º de Rondônia, chegar lá e não poder fazer várias tentativas. Mas vamos nos conformar porque o que importa é o que essa foto no livrinho azul representa!

Anúncios

4 comentários sobre “O passaporte!

  1. Bethânia, parabéns pelo blog! É muito esclarecedor aos estudantes que passam por essa ansiedade pré-viagem!
    Tenho uma dúvida quanto ao passaporte: a página n° 4 (para uso das autoridades brasileiras) recebe algum carimbo/etiqueta no Brasil ou recebemos o documento com ela em branco mesmo??
    Agradeço pela ajuda!

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s